Índice de Velocidade de ISP para a Netflix – Dados de fevereiro de 2019

Apresentamos aqui alguns destaques obtidos dos dados relativos a fevereiro do Índice de Velocidade de ISP para a Netflix, no âmbito da nossa atualização mensal de informações sobre os ISP (Internet Service Providers) que proporcionam a melhor experiência de streaming da Netflix, em horário nobre.

O ISP taiwanês FarEasTone beneficiou do maior aumento de velocidade no índice deste mês, recuperando assim do declínio sofrido em janeiro. A média mensal de velocidade da FarEasTone aumentou 0,84 Megabits por segundo (Mbps), subindo a sua média mensal de velocidade para 3,19 Mbps, de 2,35 Mbps registados em janeiro. Vários ISP também recuperaram dos declínios registados no índice do mês anterior:

  • Nas Filipinas, as velocidades da Globe alcançaram uma média mensal de 2,85 Mbps (uma subida em relação aos 2,23 Mbps do mês anterior) e as velocidades da Converge ICT Solution alcançaram uma média mensal de 3,13 Mbps (uma subida em relação aos 2,82 Mbps registados em janeiro).
  • A Telekom, da Hungria, viu a sua média de velocidade mensal aumentar para 3,72 Mbps (em relação aos 2,98 Mbps do mês anterior).

Na América do Sul, vários ISP viram as suas médias de velocidade aumentarem em fevereiro:

  • A velocidade da COTAS, na Bolívia, atingiu uma média mensal de velocidade de 2,98 Mbps (uma subida em relação aos 2,40 Mbps do mês anterior).
  • A Mundo Pacifico, do Chile, registou um aumento da média mensal de velocidade para 4,04 Mbps (em relação aos 3,54 Mbps registados anteriormente).
  • A média mensal de velocidade da colombiana Claro alcançou os 3,41 Mbps (uma subida em relação aos 3,02 Mbps do mês anterior).

Os restantes ISP que registaram aumentos de velocidade no índice deste mês incluem:

  • A LG U+ e a SK Broadband da Coreia do Sul. A LG U+ aumentou a sua média mensal para 4,20 Mbps (de 3,87 Mbps) e a velocidade da SK Broadband aumentou para uma média de 2,03 Mbps (de 1,64 Mbps registados em janeiro).
  • A Telkom, da África do Sul, atingiu uma média mensal de velocidade de 2,50 Mbps (em relação aos 1,94 Mbps registados em janeiro).

Ocorreram poucos declínios relevantes no índice deste mês. Entre os quais, estão a Taiwan Mobile (Taiwan) e a PuntoNet (serviço de DSL, banda larga e satélite do Equador). A velocidade da Taiwan Mobile diminuiu para uma média mensal de 2,03 Mbps (em relação aos 2,51 Mbps registados em janeiro), enquanto a velocidade da PuntoNet diminuiu para uma média mensal de 1,77 Mbps (em relação aos 2,31 Mbps do mês anterior).

Relativamente ao nosso ranking de países, as alterações mais notáveis na tabela incluem:

  • A Austrália ocupa o 13.º lugar depois de ter subido quatro posições (ocupava o 17.º em janeiro).
  • A Áustria ocupa o 20.º lugar depois de ter subido quatro posições (ocupava o 24.º).
  • O Panamá ocupa o 34.º lugar depois de ter subido seis posições (ocupava o 40.º).
  • A Indonésia ocupa o 35.º lugar depois de ter caído cinco posições (ocupava o 30.º).
  • A Turquia ocupa o 53.º lugar depois de ter caído seis posições (ocupava o 47.º).

O Índice de Velocidade de ISP para a Netflix é uma medida do desempenho da Netflix em horário nobre em determinado ISP e não uma medida do respetivo desempenho global para outros serviços/dados que possam usar a rede do ISP em questão. Um desempenho mais rápido da Netflix significa normalmente melhor qualidade da imagem, tempos de arranque mais rápidos e menos interrupções. Para testar a velocidade da sua Internet, visite http://FAST.com em qualquer navegador ou transfira a aplicação FAST Speed Test para iOS ou Android.

Bao Nguyen

Bao Nguyen é membro da equipa de comunicação da Netflix.

Mais de Blogue da empresa

Todos temos 6 séries em comum

Sempre acreditámos que o entretenimento é uma necessidade humana básica — muda a forma como nos sentimos e aproxima-nos. Mas o que teremos mesmo em comum uns com os outros? Ler mais

Atualização sobre energias renováveis

Para que a Netflix leve até aos seus espetadores as séries que refletem as suas próprias vidas ou os filmes que servem de ligam as vidas de pessoas no mundo inteiro, é necessária uma rede alimentada por energia. Esta energia deixa para trás uma pegada, que mudou bastante desde a nossa última atualização. Por isso, decidimos que era altura de divulgar os mais recentes desenvolvimentos. Ler mais

Início