Índice de velocidade de conexão Netflix de junho de 2016

Veja os destaques de junho do Índice de velocidade de conexão Netflix, nossa avaliação mensal do desempenho da Netflix no horário nobre na rede de determinados provedores de Internet.

No Brasil, a média mensal de velocidade da Live TIM caiu dos 3,11 Mbps registrados em maio para 2,94 Mbps em junho, permitindo que a Net Virtua assumisse a primeira posição mesmo com uma queda em sua média mensal de velocidade, que passou de 3,07 Mbps para 3,04 Mbps.

Na Alemanha, a Unitymedia continua ascendendo no índice, ocupando agora a segunda posição com uma média mensal de velocidade que passou de 3,59 Mbps em maio para 3,82 Mbps em junho.

Na Áustria, a UPC aumentou sua velocidade em 0,68 Mbps e chegou à quarta posição com uma média mensal de velocidade de 3,75 Mbps.

Na Indonésia, a Infokom conseguiu se manter na terceira posição ao aumentar sua velocidade média mensal em 0,23 Mbps, registrando 3,23 Mbps em junho.

Nos Estados Unidos, a Verizon FiOs recuperou a primeira posição com uma média mensal de velocidade de 3,61 Mbps, embora a competição tenha sido acirrada entre as empresas que ocupam as quatro primeiras posições no índice (Bright House, Cablevision, Cox Communications e Charter), com uma diferença de 0,06 Mbps entre elas. No próximo mês, os provedores Charter, Time Warner Cable e Bright House serão agrupados e denominados Charter Spectrum.

O Índice de velocidade de conexão Netflix é uma avaliação do desempenho da Netflix no horário nobre na rede de determinados provedores de Internet. Não se trata de uma medição do desempenho geral de outros serviços ou dados que possam trafegar pela rede do provedor em questão. Maiores velocidades na Netflix geralmente trazem uma melhor qualidade de imagem, inicialização mais veloz e menos interrupções.

Para conferir se o seu país está entre os 20 primeiros colocados, clique aqui.

-Anne Marie

Anne Marie Squeo integra a equipe de Comunicação da Netflix.

Mais de Blog corporativo

Top