Índice de Velocidade de Conexão Netflix de janeiro de 2019

Aqui estão alguns destaques do índice de velocidade de conexão Netflix de janeiro, nossa atualização mensal sobre quais provedores de acesso à internet oferecem a melhor experiência de streaming da Netflix no horário nobre.

Vários provedores tiveram quedas significativas de velocidade no índice neste mês. O maior declínio foi o da 099.net, de Israel, cujas velocidades se reduziram em 0,75 megabits por segundo (Mbps). Com isso, a média mensal caiu para 2,72 Mbps, comparada a 3,47 Mbps em dezembro de 2018. Confira outras quedas significativas de velocidade:

  • A média mensal da Türk Telekom (Turquia) caiu para 2,33 Mbps (de 2,95 Mbps no mês anterior);
  • A média mensal da STC (Arábia Saudita) caiu para 2,79 Mbps (de 3,14 Mbps no mês anterior);
  • A média mensal da A1 (Áustria) caiu para 3,30 Mbps (de 3,69 Mbps no mês anterior).
  • A média mensal da C Spire (EUA) caiu para 3,12 Mbps (de 3,54 Mbps no mês anterior).

As velocidades médias dos provedores também caíram em outros países:

  • Nas Filipinas, as velocidades médias caíram na PLDT (2,29 Mbps, em comparação com 2,70 Mbps no mês passado), na Converge ICT Solution (2,82 Mbps, ante a 3,27 Mbps no mês passado) e na Globe (2,23 Mbps, ante a 2,85 Mbps no mês passado).
  • Declínios na Hungria aconteceram com a Invitel (2,62 Mbps, em comparação com 3,10 Mbps no mês anterior) e a Telekom (2,98 Mbps, ante a 3,59 Mbps no mês anterior).
  • Em Taiwan, as velocidades médias caíram com relação a dezembro para a Taiwan Broadband (2,81 Mbps, ante a 3,32 Mbps) e para a So-net (2,32 Mbps, ante a 2,85 Mbps). As velocidades da FarEasTone caíram para uma média mensal de 2,35 Mbps, em comparação com os 2,87 Mbps registrados em dezembro.

Em relação aos aumentos, a Mundo Pacifico, do Chile, viu o maior salto de velocidade no índice, elevando sua média mensal para 3,54 Mbps, de 3,22 Mbps em dezembro.

Em nosso ranking de países, houve mudanças significativas:

  • Canadá subiu seis posições para 20º (era 26º em dezembro).
  • Malásia caiu cinco posições para 26º (era 21º no mês anterior).
  • Turquia perdeu cinco posições e foi a 47º (era 42º no mês anterior).
  • Filipinas perderam sete posições e foram a 57º (de 50º no mês anterior).

Por fim, com o aumento de ofertas de internet por fibra óptica no mundo inteiro, o índice de velocidade de conexão agora lista um número maior de provedores, divididos em duas categorias: uma para fibra e outra para DSL ou cabo. Estamos fazendo isso para representar de forma mais fidedigna a evolução do mercado e das opções disponíveis aos consumidores. Essa divisão não muda nossa metodologia. Optamos por fazer a diferenciação quando os provedores oferecem a conexão por fibra ótica como uma opção aos consumidores. Em nível técnico, os próprios provedores estão nos ajudando a identificar a taxa de tráfego de cada uma das opções. Para garantir representatividade, aguardamos certa quantidade de uso sustentado de cada serviço antes de adicioná-lo ao índice.

Exemplos de adições recentes de conexão por fibra ótica ao índice são a Algar Fibra, no Brasil, a Entel Fibra, no Chile, a Vodafone Fibra, na Espanha, a Claro Argentina e a Movistar Fibra no Chile e na Argentina. Você pode esperar mais divisões desse gênero ao longo do ano, conforme a conexão por fibra é oferecida a um número crescente de domicílios.

O índice de velocidade de conexão Netflix é uma medida do desempenho da Netflix em horário nobre em determinado provedor de internet. O índice não mede o desempenho global de outros serviços/dados que possam usar a rede do provedor em questão. Um desempenho mais rápido da Netflix significa normalmente melhor qualidade da imagem, início mais rápido da transmissão e menos interrupções. Para testar a sua velocidade de internet, visite http://FAST.com em qualquer navegador de internet ou baixe os aplicativos FAST Speed Test iOS ou Android.

Bao Nguyen

Bao Nguyen integra a equipe de comunicação da Netflix.

Mais de Blog corporativo

Top