Índice de velocidade de conexão Netflix de janeiro de 2016

Apresentamos alguns destaques do mês de janeiro do Índice de velocidade de conexão Netflix, nossa avaliação mensal do desempenho da Netflix no horário nobre na rede de determinados provedores de Internet.

Nos EUA, a Bright House caiu cinco posições e ficou com o 9º lugar, com média de velocidade de 3,53 Megabits por segundo (Mbps), enquanto a Time Warner Cable caiu duas posições para o 10º lugar, com média de velocidade de 3,39 Mbps. Tanto a Suddenlink quanto a AT&T U-Verse subiram duas posições, para os sétimo e oitavo lugares, respectivamente. A Suddenlink apresentou média mensal de 3,62 Mbps, contra 3,52 Mbps do mês anterior; a AT&T aumentou de 3,48 Mbps no mês anterior para 3,59 Mbps em janeiro.

Na Alemanha, a Unitymedia Kabel, que estava na liderança desde que lançamos o serviço naquele país, despencou para o oitavo lugar em janeiro. A velocidade média caiu para 3,18 Mbps, contra 3,79 Mbps em dezembro e 4,17 Mbps em agosto do ano passado.

No Equador, a ETAPA saiu do último lugar e subiu duas posições, ficando em 4º lugar, com média de velocidade de 1,84 Mbps, contra 1,51 Mbps no mês anterior. Esse foi quase o dobro da velocidade de 0,96 Mbps apresentada pelo provedor em novembro.

O Índice de velocidade de conexão Netflix é uma avaliação do desempenho da Netflix no horário nobre na rede de determinados provedores de Internet. Não se trata de uma medição do desempenho geral de outros serviços ou dados que possam trafegar pela rede do provedor em questão. Maiores velocidades na Netflix geralmente trazem uma melhor qualidade de imagem, inicialização mais veloz e menos interrupções.

Para conferir qual a posição do seu país entre os 20 primeiros, clique aqui.

us-leaderboard-2016-01
germany-leaderboard-2016-01
ecuador-leaderboard-2016-01

-Anne Marie

Anne Marie Squeo integra a equipe de Comunicação da Netflix.

Mais de Blog corporativo

Top